Os riscos de privacidade do seu Baby Monitor | VPNoverview

A coisa mais difícil para um novo pai é deitar o bebê e sair da sala. Todos queremos vigiar e proteger nossas preciosas e frágeis crianças. Felizmente, existem mais maneiras do que nunca de ficar de olho nelas, mesmo quando estamos fora da sala. Existem inúmeros monitores de bebê que permitem que você fique de olho no seu bebê, esteja no seu quarto ou no trabalho. Infelizmente, muitos desses monitores modernos podem ser muito fáceis de invadir.


Você provavelmente não gostaria que um estranho tivesse acesso a todas as informações coletadas pelo seu monitor de bebê. As gravações de som e vídeo dos seus entes queridos e da sua casa devem permanecer privadas. Um monitor de bebê pode parecer um dispositivo inofensivo, mas nem sempre é esse o caso. Como você lida com esses problemas de segurança? Este artigo mostrará tudo o que você precisa saber sobre os perigos e mostrará como se proteger e a seu bebê..

Você está monitorando ou sendo monitorado?

Laptop sem anonimatoSe você usa um monitor de bebê apenas com áudio ou outro com uma câmera e uma tela, tudo o que você quer é garantir que seu bebê esteja indo bem. A maioria dos monitores é sem fio e envia o vídeo e o áudio ao receptor por uma frequência sem fio (como Bluetooth) ou pela Internet. Nos dois casos, o sinal pode ser interceptado entre o quarto do bebê e o receptor.

Tradicionalmente, existem dois tipos principais de monitores de bebê sem fio. Um tipo transmite os sinais através de sinais de rádio analógicos. Eles são propensos a interceptação, pois os sinais dependem de muito pouca potência para serem enviados por curtas distâncias. Se um hacker estiver por perto, ele poderá capturar esses sinais e lê-los.

O segundo tipo de monitor é digital e geralmente mais seguro, pois o sinal é criptografado entre o quarto do bebê e o receptor. Esses dispositivos costumam enviar um sinal mais forte, porém, que os hackers podem interceptar a uma distância maior. Qualquer pessoa com as ferramentas para descriptografar o sinal do monitor pode ter acesso a todas as informações recebidas e enviadas pelo dispositivo. Não são apenas os babás que sofrem esse problema: todos os dispositivos eletrônicos que fazem uso de uma conexão com a Internet lutam com isso. Pense no seu laptop e smartphone, mas também no seu smartwatch, rastreador de fitness, carro, alto-falante inteligente ou óculos inteligentes.

Baby Monitor Technology continua mudando

Um novo tipo de monitor digital de bebê está crescendo em popularidade. Esses dispositivos usam o Wi-Fi da sua casa para transmitir informações de volta para um receptor, seu telefone ou tablet. Como você pode acessar esses sinais de qualquer lugar, esses dispositivos são especialmente populares entre os pais que trabalham. A qualquer momento, estejam no trabalho, executando tarefas ou mesmo fora da cidade, eles podem puxar o monitor do bebê em seus telefones e verificar o bebê.

Esses monitores geralmente transmitem vídeo e áudio. Eles também podem ter outros recursos, como visão noturna, sensores de temperatura ou uma luz noturna remota. Esses benefícios têm um preço, no entanto: eles oferecem outra oportunidade para os hackers invadirem sua privacidade.

Qual a probabilidade de hackear os monitores do bebê?

HackerVocê pode pensar no seu monitor de bebê como um dispositivo simples que permite controlar o bebê enquanto você realiza as tarefas domésticas. Para um ladrão em potencial, no entanto, esses dispositivos são como ter um espião dentro de sua casa. Ao ouvir através do monitor do bebê, um ladrão pode aprender rapidamente quando você estiver longe de casa. Eles poderiam usar essas informações para planejar seus crimes. Dessa forma, você não estará por perto para detê-los enquanto eles esvaziam sua casa. Os monitores digitais de bebês podem ser invadidos a qualquer distância, o que é muito conveniente para esses criminosos. Eles podem planejar o assalto a partir do conforto de suas próprias casas e só precisam estar perto da sua quando estão prestes a arrombar e entrar. Em outras palavras, a mesma tecnologia que permite monitorar seu bebê pode permitir que um hacker monitore sua casa.

Não ajuda que invadir um monitor de bebê seja bastante fácil. Um estudo recente mostra que muitos monitores de bebês realmente carecem de segurança. Embora a privacidade do cliente seja frequentemente mencionada, isso claramente não é uma prioridade para os fabricantes dos dispositivos. Esses fabricantes tendem a ser empresas muito preocupadas com o software e com uma mentalidade no Vale do Silício. A idéia principal dessa mentalidade é disponibilizar um site e corrigir problemas posteriormente. No entanto, em uma área como a segurança doméstica, isso não funciona bem. Como resultado, os modernos monitores de bebês chegaram ao mercado antes de resistir a testes rigorosos para garantir que são completamente seguros para os consumidores.

Na prática, já houve vários casos relatados de hackers no monitor do bebê. Recentemente, as câmeras Ring foram usadas para espionar crianças e famílias. Embora esses incidentes resultem principalmente em sustos ruins e crianças chorando, eles mostram que os hackers são capazes de invadir a privacidade dos usuários de babás eletrônicas..

Como o seu Baby Monitor pode comprometer sua privacidade

Esse primeiro e possivelmente mais horripilante problema dos monitores de bebês é que um estranho pode estar ouvindo e assistindo seu bebê. Isso por si só é suficiente para provocar arrepios na coluna de qualquer dos pais. Infelizmente, os riscos para a sua privacidade não param por aí: quando o bebê está quieto, um monitor de bebê ainda pode captar conversas que acontecem na próxima sala, ou mesmo no final do corredor. Pense em todas as conversas particulares sobre suas finanças e assuntos pessoais que você tem em sua casa. Pode parecer absurdo, mas um ladrão armado com essas informações pode facilmente causar muitos danos. Eles podem roubar sua identidade ou acumular milhares de dólares em sua conta bancária.

Como mencionado anteriormente, um ladrão pode escolher o momento certo para invadir sua casa com base nas informações obtidas no seu monitor de bebê. No entanto, eles poderiam ir muito além disso. Uma casa vazia seria uma boa localização para um negócio de drogas. Um carro deixado em sua garagem corre risco quando um ladrão sabe que você não ficará em casa por horas.

Finalmente, pode não ser apenas o seu monitor de bebê que está sendo usado contra você. Depois que o seu monitor de bebê for comprometido, um hacker poderá usar essa rachadura na sua segurança para obter mais acesso à sua rede. Quando o pé de um hacker está na porta, eles geralmente conseguem aumentar seu acesso. Todos os dispositivos da sua rede, desde o computador doméstico até o termostato inteligente e as câmeras de segurança, ficam subitamente vulneráveis.

Como proteger sua privacidade

Para garantir que você possa usar seu monitor de bebê com segurança, sem arriscar sua privacidade, existem algumas etapas a serem seguidas. Os dois mais importantes e úteis são educar-se e usar uma VPN. Vamos explicar os dois abaixo.

Pesquise o fabricante do monitor de bebê

Em primeiro lugar, é importante pesquisar a empresa que produziu o monitor para bebês que você está pensando em comprar. Eles já experimentaram violações de segurança antes? Qual é a sua política de privacidade? Se necessário, entre em contato com a própria empresa para obter as informações corretas. Em alguns casos, a política de privacidade de uma empresa e seus produtos pode ser difícil de encontrar. Ainda assim, este documento contém tudo o que você precisa saber sobre o funcionamento da tecnologia e a maneira como seus dados são manipulados. Ao fazer perguntas, você não estará apenas se educando: também pressionará as empresas a tornar nossa privacidade uma prioridade mais alta.

Use autenticação de dois fatores e uma senha exclusiva

A maioria dos hacks para obter acesso a babás eletrônicas é possível devido à fraca segurança da senha. Felizmente, você pode impedir facilmente que isso aconteça. Se o seu monitor infantil funcionar com uma conta protegida por senha, use uma senha única e forte. Se você deseja saber como criar uma senha assim, consulte nosso guia de senhas.

Além de criar uma senha forte, também ajuda a usar a autenticação de dois fatores para proteger sua conta. Verifique se o seu fornecedor oferece essa camada extra de segurança e ative-a, se possível. Com a autenticação de dois fatores, um hacker não poderá acessar sua conta, mesmo que consiga recuperar sua senha.

Instale uma VPN

Escudo VPNHá outra etapa simples que pode aumentar bastante seu nível de privacidade e segurança. A instalação de um serviço VPN de qualidade ajuda bastante. Uma VPN redireciona o tráfego da Internet e torna você praticamente anônimo online. Isso significa que, uma vez ativada, uma VPN oculta a maioria das informações sobre sua localização e identidade (como seu endereço IP). Como um servidor VPN atua como intermediário entre você e a Internet, sua privacidade é protegida.

Se um hacker obtiver acesso às suas informações, ele poderá apenas ver o serviço VPN anônimo. Eles não poderiam vincular esses dados a você ou a sua casa, tornando as informações praticamente inúteis. Além disso, como todo o tráfego on-line de e para o servidor VPN é completamente criptografado, é quase impossível para alguém de fora obter acesso às suas informações ao longo do caminho. Basta garantir que a conexão Wi-Fi usada pelo seu monitor de bebê esteja protegida por uma VPN (por exemplo, instalando uma no seu roteador).

As VPNs oferecem muitos benefícios além da privacidade e segurança. Para saber mais sobre qual serviço de VPN pode ser adequado para sua família, leia nosso artigo, onde destacamos as melhores VPNs deste momento.

Pensamentos finais

Um monitor de bebê deve permitir que os pais cuidem do bebê sem criar preocupações extras. Muitos dispositivos eletrônicos, como laptops, smartphones e tablets, têm várias medidas de segurança. Isso ajuda a manter seus dados seguros. Infelizmente, esse não é o caso de muitos monitores de bebês. Esses dispositivos aparentemente simples podem ser fáceis de invadir. Portanto, é importante proteger você e seu bebê. Você pode fazer isso educando-se antes de comprar um monitor de bebê. Dessa forma, você saberá o que a empresa por trás do seu dispositivo faz para manter seus dados seguros. Além disso, proteja suas contas adequadamente usando senhas fortes e exclusivas e autenticação de dois fatores. Por fim, o uso de uma VPN para proteger seu tráfego na Internet fará uma enorme diferença. Dessa forma, você e seu bebê permanecerão seguros e sua privacidade permanece intacta.

Kim Martin Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me
    Like this post? Please share to your friends:
    Adblock
    detector
    map